"Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim" Chico Xavier

Seguidores

Arquivos

Parceria

Blogs Favoritos

Tecnologia do Blogger.

Anuncie

Interessados em anunciar aqui? Será um prazer.
Entre em contato: rosemeire_coliveira@yahoo.com.br

Muito Obrigada



.

Postagens Recentes

quarta-feira, 3 de setembro de 2008
É normal, as pessoas sem conhecimento do vocabulário mineiro, não entender o que eu digo as vezes. Mas uma palavra em especial, é muito comentada, quando digo gominha... "vc tem uma gominha?", "a gominha arrebentou" ... então, deu para descobrir o significado da palavra gominha???
Não??? mas que é isso!!!! Gominha como todo mineiro sabe é um elástico geralmente usado para prender dinheiro .... tendeu???
ainda não! olhe a imagemEspero que depois de ler este post, ninguém olhe com cara de espanto quando ouvir "vc tem uma gominha?"

t a próxima

4 comentários:

Fausto disse...

Pois é, Rosemeire, o país é tão grande que se você anda alguns quilômetros a mais notará algumas diferenças na linguagem.
Há um tempo atrás eu estive em Juiz de Fora (que alguns dizem pertencer ao estado do RJ, mas isso não vem ao caso agora)... Um dia, eu comprei uma bolacha do tipo "água e sal" e ofereci ao pessoal da empresa onde eu estava prestando serviço:
- Quer bolacha?
- O QUÊÊÊÊÊ????
- Bolacha... Tá a fim?
- Como é que você chama isso aí?
- Bolacha, oras... Você chama do que?
- De BISCOITO! Pode ler no pacote.

De fato, ele tinha razão: no pacote estava escrito "biscoito", não "bolacha"... Acho que "bolacha" é coisa de paulista, pois passei isso no RJ também em outra ocasião.

Ah, mudando de assunto, obrigado pela visita à "esfera"! Depois que criei o blog, descobri como é legal quando comentam no blog da gente, hehe!

Beijos!
Fausto
:-)

Adriana Satie disse...

Sim Rosemeire, eu sempre digo que Minerês é um idioma hahahaa,e mais algum tempo de convivência c'ôceis e eu me tornarei fluente...
vc esqueceu de citar "passeio"=calçada, quiboa=candida,trem=não é o que anda nos trilhos...hehehehe
Bjs

Nilton Cavalini disse...

Meire,

Toda vez que um mineiro defende seu vocábulário eu me lembro das questões vitais da filosofia mineira:

Quem co sô?
Don co vim?
Pron co vô?

With or Without You disse...

Pois em Brasilia não falam LIGUINHA.